Blog de Música
29 de Agosto de 2006

Tristão da Silva
Música e Letra: Frederico de Brito
Cifras: correcaminhos


G7M (3x443x)
...
Am7 (5x555x) D7/9 (x5455x) G7M (3x443x)
Cem anos que eu viva, não posso esquecer-me
Am7 (5x555x) D7/9 (x5455x) G7M (3x443x)
Daquele navio que eu vi naufragar
Am7 (5x555x) D7/9 (x5455x) G7M (3x443x)
Na boca da barra, tentando perder-me
Am7 (5x555x) D7/b9 (x5454x) G7M (3x443x)
E aquela janela virada p'ró mar

C7M (x3200x) G7M (3x443x)
Sei lá quantas vezes, desci esse Tejo
Am7 (5x555x) D7/9 (x5455x) G7M (3x443x)
E fui pelo mar fora, com a alma a sangrar
C7M (x3200x) G7M (3x443x)
Levando na ideia os lábios que invejo
Am7 (5x555x) D7/9 (x5455x) G7M (3x443x)
E aquela janela virada p'ró mar

G6 (3x243x)
...
G7M (3x443x)
Marinheiro do mar alto
G7M (3x443x)
Quando as vagas uma a uma
G7M (3x443x)
Prepararem teu assalto
D7/9 (x5455x)
P'ra fazer teu barco em espuma
Am7 (5x555x) D7/9 (x5455x)
Repara na quilha, bailando na crista
Am7 (5x555x) G#7/b5 (4x453x) G7M (3x443x)
Das vagas gigantes, que eu quero entregar
Am7 (5x555x) D7/9 (x5455x) G7M (3x443x)
Senão tens cautela, não pões mais a vista
Am7 (5x555x) D7/9 (x5455x) G7M (3x443x)
Naquela janela virada p'ró mar

Am7 (5x555x) D7/9 (x5455x) G7M (3x443x)
Se mais'inda houvesse mais portos correra
Am7 (5x555x) D7/9 (x5455x) G7M (3x443x)
Lembrando-me em noites de meigo luar
Am7 (5x555x) D7/9 (x5455x) G7M (3x443x)
Duns olhos gaiatos que estavam à espera
Am7 (5x555x) D7/9 (x5455x) G7M (3x443x)
Naquela janela virada p'ró mar
Am7 (5x555x) D7/b9 (x5454x) G7M (3x443x)
Naquela janela virada p'ró mar

C7M (x3200x) G7M (3x443x)
Mas quis o destino que o meu mastodonte
Am7 (5x555x) D7/9 (x5455x) G7M (3x443x)
Já velho e cansado viesse a encalhar
C7M (x3200x) G7M (3x443x)
Na boca da barra e mesmo defronte
Am7 (5x555x) D7/9 (x5455x) G7M (3x443x)
Daquela janela virada p'ró mar
Am7 (5x555x) D7/b9 (x5454x) G7M (3x443x)
Daquela janela virada p'ró mar
G6 (3x243x) G7M (3x443x) Em/G (3xx453)
... ... ...

Marinheiro do mar alto
Olha as vagas uma a uma
Preparando o teu assalto
Entre montes de alva espuma
Por mais que elas bailem, numa louca orgia
Não trazem desejos de me torturar
Como a aquela doida que eu deixei um dia
Naquela janela virada p'ro mar
Marinheiro do mar alto...

Tristão da Silva

Tristão da Silva Intérprete de êxitos como "Nem Às Paredes Confesso" e "Janela Virada P'ró Mar", assumiu-se simultâneamente como fadista e cantor romântico. Manuel Augusto Martins Tristão da Silva é natural de Lisboa, onde nasceu no dia 18 de Julho de 1927, tendo falecido prematuramente num brutal acidente de viação ocorrido em Lisboa na década de 70. Foi como Tristão da Silva que sempre se apresentou durante a sua carreira artística, que teve estreia no Café Mondego, onde era conhecido apenas como o miúdo do Alto do Pina. Tornou-se num fenómeno de popularidade dentro e fora do território português graças a "Nem Às Paredes Confesso", êxito que esteve na base dos espectáculos que realizou no Brasil, como era hábito na altura, bem como da gravação de discos, que contaram com o acompanhamento de orquestras em vez das tradicionais guitarras (in Cotonete).

publicado por Correcaminhos às 12:03
Pesquisa no Blog
 
Quem Somos
CORRECAMINHOS
Blog de Música
email: correcaminhos@sapo.pt
criado em 12 de Julho de 2005
Funchal, Madeira, PORTUGAL
Agosto 2006
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
20
21
22
23
24
25
26
28
30
31
últ. comentários
Tracey Ullman, no ano de 1984.
Tive uma banda de punk rock na adolescência, adora...
Ei! Preste atenção, o que você diz ser música na v...
Boa noite, o meu filho participou no casting de Ma...
Há muitos países na Eurovisão que nem sabem que Po...
Posts mais comentados
8 comentários
8 comentários
6 comentários
6 comentários