Blog de Música
14 de Janeiro de 2012

Letra e Música de Sérgio Godinho
Álbum Pré-Histórias 1972

Nunca vivi nada em vão
cada qual sabe do que tem
ninguém pertence a ninguém
seja inimigo ou irmão

Seja inimigo ou irmão
temos a nortada na pele
a discutir do farnel
já se perdeu muito pão

Já se perdeu muito pão
e as bocas ainda a sonhar
a ver esperanças no ar
quando há certezas no chão

E para aqui estamos em salamaleques
a lamber mãos feitas para abanar leques
a pedir bis, a gritar bravo
a aplaudir, muito bem
e até domingo que vem

Nunca vivi nada em vão
vi muita palavra tornar-se
em tanta gente um disfarce
e em muita boca traição
E em muita boca traição
e em cada de nós um olhar
se nos vierem falar
sabemos quem eles são

sabemos quem eles são
como quem sabe de si mesmo
o medo, a vida desfez-mo
à letra me tomarão

E para aqui estamos em salamaleques…

Sabemos já d’antemão
quem nasceu p’ra viver de luto
a flor de Junho dá fruto
a homem sozinho é que não

O homem sozinho é que não
que o diga quem quase morreu
a perguntar “Quem sou eu”
e a viver da solidão

 

E a viver da solidão
fomos pouco a pouco fazendo
a nossa cova no vento
abrigados num caixão

 

E para aqui estamos em salamaleques...

publicado por Correcaminhos às 13:26
tags:
Pesquisa no Blog
 
Quem Somos
CORRECAMINHOS
Blog de Música
email: correcaminhos@sapo.pt
criado em 12 de Julho de 2005
Funchal, Madeira, PORTUGAL
Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
30
31
últ. comentários
Tracey Ullman, no ano de 1984.
Tive uma banda de punk rock na adolescência, adora...
Ei! Preste atenção, o que você diz ser música na v...
Boa noite, o meu filho participou no casting de Ma...
Há muitos países na Eurovisão que nem sabem que Po...
Posts mais comentados
8 comentários
8 comentários
6 comentários
6 comentários