Blog de Música
06 de Fevereiro de 2011

 

QUE PARVA QUE EU SOU

Deolinda
Música e letra: Pedro da Silva Martins

 

Sou da geração sem remuneração

E não me incomoda esta condição
Que parva que eu sou
Porque isto está mal e vai continuar
Já é uma sorte eu poder estagiar
Que parva que eu sou
E fico a pensar
Que mundo tão parvo
Onde para ser escravo é preciso estudar

Sou da geração "casinha dos pais"
Se já tenho tudo, pra quê querer mais?
Que parva que eu sou
Filhos, maridos, estou sempre a adiar
E ainda me falta o carro pagar
Que parva que eu sou
E fico a pensar
Que mundo tão parvo
Onde para ser escravo é preciso estudar

Sou da geração "vou queixar-me pra quê?"
Há alguém bem pior do que eu na TV
Que parva que eu sou
Sou da geração "eu já não posso mais!"
Que esta situação dura há tempo demais
E parva não sou
E fico a pensar,
Que mundo tão parvo
Onde para ser escravo é preciso estudar

publicado por Correcaminhos às 14:29
Pesquisa no Blog
 
Quem Somos
CORRECAMINHOS
Blog de Música
email: correcaminhos@sapo.pt
criado em 12 de Julho de 2005
Funchal, Madeira, PORTUGAL
Fevereiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
12
13
14
16
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
últ. comentários
Tracey Ullman, no ano de 1984.
Tive uma banda de punk rock na adolescência, adora...
Ei! Preste atenção, o que você diz ser música na v...
Boa noite, o meu filho participou no casting de Ma...
Há muitos países na Eurovisão que nem sabem que Po...
Posts mais comentados
8 comentários
8 comentários
6 comentários
6 comentários